Carlos Niño & Miguel Atwood-Fergusson – Suite For Ma Dukes

02.03.2009 — Música, Resenhas

Carlos Niño & Miguel Atwood-Fergusson
Suite For Ma Dukes
(Mochilla; 2009)

Há pouco mais de três anos, o gênio dos beats Jay Dee morreu por complicações de uma doença na qual vinha lutando por muito tempo. Apesar de sua morte precoce, Dilla deixou um vasto e importante trabalho. Sua influência será sentida no hip hop (e, pode apostar, em outros gêneros), por muito, muito tempo. De sua morte pra cá, vem surgindo homenagens e tributos feitos por gente interessante como Ghostface Killah, MF Doom e, mais recentemente, Madlib e seu Beat Konducta com os excelentes álbuns Vol. 5: Dil Cosby Suite e Vol. 6: Dil Withers Suite.

Carlos Niño e Miguel Atwood-Fergusson trabalharam juntos em diversos projetos. Enquanto Carlos é mais conhecido por seu programa de rádio, Miguel é um multiinstrumentista e arranjador com formação clássica que já tocou com nomes como Ray Charles e John Cale. A forma pela qual eles optaram em fazer um tributo a J Dilla é provavelmente a mais diferente de todas já realizadas até hoje: gravar suas músicas em versões orquestradas, sem bateria.

O resultado do ousado projeto é o belo EP Suite For Ma Dukes, que traz quatro canções cujos beats foram feitos por Dilla para outros artistas: “Fall In Love” (Slum Village), “Antiquity” (Dwight Trible & The Life Force Trio), “Nag Champa” (Common) e “Find A Way” (A Tribe Called Quest). Uma boa sugestão para os que conhecem as músicas em questão: esqueça-as. As versões deste EP estão bem distantes das originais, e isso é uma coisa boa.

Suite For Ma Dukes é quase um EP de música clássica… não fosse o fato dessas serem músicas de J Dilla. É sem dúvida curioso vê-las sendo tocadas dessa forma, com arranjos tão delicados e singelos. E ao mesmo tempo em que estamos lidando com canções que não poderiam estar mais afastadas dos beats construídos por Jay Dee, fica fácil perceber que sua genialidade não está presa somente ao gênero que o popularizou.

Esse é um EP que nada tem a ver com hip hop. Tem a ver com J Dilla, cujo legado é tão forte que provavelmente poderia atravessar as paredes da sua casa. E a bela interpretação de Carlos Niño e Miguel Atwood-Fergusson dão nova vida às canções que um dia serviram como pano de fundo para que MCs pudessem rimar em cima. Suite For Ma Dukes é sem dúvida um tributo muito bonito e diferenciado. Um disco que conta com faixas que flutuam sem precisar fazer esforço, músicas que transmitem harmonia sem nunca perder o charme. Algo que J Dilla sempre conseguiu alcançar em seu trabalho.

P.S.: A foto da capa é do enterro de Dilla.
P.S.2: Se você gostou do disco, compre-o aqui. Todo o dinheiro será transferido para Ma Dukes, mãe de Dilla, que ainda tem altas dívidas a pagar por conta da doença do filho.

– Six

Nota: