Lightning Bolt – Earthly Delights

01.09.2009 — Música, Resenhas

Lightning Bolt
Earthly Delights
(Load; 2009)

A essa altura do campeonato, o mundo talvez já deveria estar preparado para o Lightning Bolt. Ou pelo menos saber, mais ou menos, o que esperar do grupo. Sua discografia conta com alguns EPs, cinco álbuns e um DVD (leia a resenha). Disso tudo, dois discos foram bem divulgados: Wonderful Rainbow (2003) e Hypermagic Mountain (2005). Após cinco longos anos de espera, Earthly Delights surge na internet como chega a carta de um antigo amigo em sua caixa de correio.

Sonoramente, é difícil com que o Lightning Bolt fuja do que vem fazendo ao longo dos anos. A banda usa apenas dois instrumentos, pelo menos ao vivo: bateria e baixo – e a voz, que é praticamente um deles. Mas eu ouso dizer que Earthly Delights consegue sucesso nessa complicada missão, e o que temos é um álbum com mais camadas, mais melodia e elementos inesperados.

Os antigos conhecidos do grupo, porém, podem ficar tranquilos. Há barulho por toda parte, e dos bons. O Lightning Bolt sempre foi uma banda que não desperdiça as oportunidades, preenchendo os espaços sempre que possível, mas nunca o fazendo de maneira desnecessária. Earthly Delights, felizmente, não é exceção.

E aí sobram faixas deliciosas e bem estruturadas como “Sound Guardians”, que abre o disco, “Colossus” (ouça aqui), além da mais que esplêndida “Transmissionary”, que com seus 12 minutos nos carrega, entrega a chave e faz com que fechemos o álbum nós mesmos, apenas para sentirmos vontade de ouví-lo outra vez.

Sim, Earthly Delights é um dos grandes trabalhos desse ano. Daqueles discos que o mundo precisa ouvir mais e mais vezes, até que o pandemônio de seu cotidiano faça ao menos um pouquinho mais de sentido. E, meu amigo, sugiro você montar de olhos fechados no Lightning Bolt para que, mais do que nunca, o som da dupla te guie a lugares tão horríveis quanto magnificentes.

– Six

Nota:

Tags: