Grand Salvo – Soil Creatures

24.09.2009 — Música, Resenhas

Grand Salvo
Soil Creatures
(Preservation, 2009)

É simplesmente ótimo ouvir um disco que faça sentido do começo ao fim. Perceber o trabalho do artista ou do grupo em juntar um punhado de canções, temas e arranjos. Death, disco do Grand Salvo do ano passado, é um baita exemplo disso. Porque, apesar de conceitual e longo, ele não cansa, não se repete e alcança sua proposta de contar fábulas de quatro pontos de vistas diferentes de uma forma literária, com imagens pipocando em cada verso e belas orquestrações. Um disco que te segura do início ao fim.

Assim como Soil Creatures, novo álbum do Grando Salvo.

Mas, ao contrário de Death, o novo lançamento não traz um enredo tão amarrado; os temas giram em torno da natureza e suas criaturas e Paddy Mann, o Grand Salvo, segura o disco como um exímio contador de histórias segura sua roda, com simplicidade. Saem as orquestrações grandiosas, o narrador, os interlúdios; fica Paddy com seu violão e detalhes mais sutis de outros instrumentos, como harpa, violino e piano, te guiando em mais uma viagem musical fantástica.

Na verdade, é chato descrever a música do Grand Salvo, a torna chata, extremamente chata. Muitas pessoas vão efetivamente achá-la chata, mas a parcela fã de Joanna Newsom, sedenta por histórias bem contadas, com os dois ouvidos no folk e com a cabeça, necessariamente, em outro mundo pode encontrar em Soil Creatures um dos lançamentos mais bonitos do ano.

Denis Fujito

Nota:

Tags: