Brendan Canning – You Gots 2 Chill

15.10.2013 — Música, Resenhas

Brendan Canning

You Gots 2 Chill

(Draper Street; 2013)


É surpreendente dar play no novo disco solo de Brendan Canning, o baixista do Broken Social Scene, e dar de cara com uma canção chamada “Post Fahey” e, sem coincidências, ser presenteado com uma introdução intrumental totalmente ao violão num dedilhado bem John Fahey, mas com uma melodia mais sutil e bonita. Não que You Gots 2 Chill seja um disco de blues ou pós-blues, mas é possível identificar no dedilhado de Brendan elementos e sequências que, sim, foram tirados de John Fahey, que já misturava blues, folk, bluegrass e outros estilos que aparecem aqui e ali em You Gots 2 Chill.

Mas ao contrário do folk/blues mais duro e instrumental de John, Brendan encaixa lindas melodias vocais logo na sequência de “Post Fahey” com as belas “However Long” e “Your Turn”. E reside na mistura de climas o grande trunfo do álbum. De “Makes You Motor” a “Long Live Land Lines”, Brendan volta a deixar o álbum mais centrado no seu dedilhado e cria uma atmosfera mais nebulosa em torno do seu instrumento ao tirar a suavidade da melodia vocal. Uma sequência muito bonita que lembra o Grizzly Bear quando o mesmo era basicamente Ed Droste

“Bullied Days”, cantada por Daniela Gesundheit, do grupo canadense Snowblink, ainda dá um novo fôlego ao álbum, assim como as intervenções eletrônicas de “New Zealand Tap Dancing Finals” e a linda “Heading There”.

You Gots 2 Chill não lembra em nada o que Brendan já fez com o Broken Social Scene e em sua breve carreira solo. Ao longo das 14 faixas do álbum apenas relaxamos com um disco extremamente suave feito por alguém que sabe exatamente o que está fazendo com o folk que nunca demonstrou ter tanta afinidade. Melhor assim, pois o álbum vira uma grata surpresa.

“Plugged In”

Nota
▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▒▒▒▒▒▒▒▒▒
7.5