Damien Jurado – Brothers and Sisters of the Eternal Son

04.02.2014 — Música, Resenhas

Damien Jurado

Brothers and Sisters of The Eternal Son

(Secretly Canadian; 2014)


A parceria entre Damien Jurado e Richard Swift já está em seu terceiro lançamento e após Saint Bartlett (2010) e Maraqopa (2012), a dupla vem renovada em Brothers and Sisters of the Eternal Son com um disco pesado na percussão e grandioso no vocal. Um lançamento que se distingue em uma carreira de mais de vinte anos que nunca foi muito igual. E por mais que a dupla esteja apalpando o escuro aqui e ali, experimentando mesmo, o dub extraído da percussão ao fundo é realmente impactante em “Silver Timothy”, “Return to Maraqopa” e “Silver Donna”. Um resultado impressionante que contrasta e destaca as baladas da parte final, até mesmo com a derradeira e uma das mais pop que ele já fez, “Suns In Our Mind”.

Brothers and Sisters of the Etermal Son no fim é um álbum recheado de elementos que não orbitavam a rota da espaçonave de Damien, mas que são utilizados de forma bem precisa para deixar o seu novo vôo bem mais interessante. Um disco que flutua, mas não viaja. Um disco que vale a pena ouvir por deixar uma marca e uma esperança de bons novos tempos pela frente.

Nota
▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▒▒▒▒▒▒▒▒
7.8