Secret Chiefs 3 – Apocryphon of Jupiter / Danse Macabre 7” — Medium Aevum / Stars & Strips Forever 7”

Secret Chiefs 3

Apocryphon of Jupiter / Danse Macabre 7”
Medium Aevum / Stars & Strips Forever 7”

(Web of Mimicry; 2014)


Antes da chegada de Book of Souls: Folio B – que, sinceramente, não espero que aconteça tão cedo, dado o histórico do grupo em questão –, o Secret Chiefs manteve a tradição recente de colocar nas ruas compactos com músicas novas, sendo que algumas delas estarão no próximo disco da banda. Os dois sete polegadas, cuja resenha você lê abaixo, saíram no começo do ano, e para escutá-los ou você precisa de um toca-discos que rode-os em 45 rpm ou terá que ouvir um rip meia-boca das quatro faixas (o que você fará aqui nesta página sem cerimônias).

Danse Macabre / Apocryphon of Jupiter 7”

O lado A do primeiro sete polegadas, “Apocryphon of Jupiter”, tem apenas dois minutos e é até bastante simples para os padrões do Secret Chiefs 3. Mas, claro, a canção é belamente produzida e executada – e o destaque vai para o teclado grandioso e a bateria que marca forte cada trecho. No final, ouvimos um trechinho da linda “Scorched Earth Saturnalia”, presente em Book of Souls: Folio A (leia a resenha), trazendo aquele sorrido para quem gostou do maravilhoso disco lançado no ano passado.

Se por um lado “Apocryphon of Jupiter” parece mais um interlúdio do que uma canção completa, “Danse Macabre” por sua vez soa inteira, complexa e interessante. Cavalgante, a música começa um pouco devagar, quase como uma valsa, mas logo explode em trilhões de pedacinhos repletos de detalhes coloridos e sufocantemente bonitos. Para ouvir muitas e muitas vezes antes de Folio B.

Medium Aevum / Stars & Strips Forever 7”

Aqueles que não estão muito por dentro do universo do Secret Chiefs 3 ou que ouvem “Medium Aevum” sem muita atenção podem até pensar que trata-se de uma comum canção de rock. Não. Pois não há nada de trivial na forma como Trey Spruance conduz seu grupo. Desde as escolhas dos pedais, até a bateria torta e os solos inesquecíveis e luxuosos, tudo é complexo ao ponto de parecer mais simples do que é.

Bem, todos nós conhecemos “Stars & Strips Forever”. É aquela música norte-americana tocada em eventos nos quais a nação é louvada por suas conquistas do passado e do presente. É a tradição ianque na forma de música. Se por um lado o SC3 consegue ser bastante fiel ao arranjo original (ou ao arranjo mais comumente tocado por aí), por outro há aquele peso que dá um brilho todo especial à esta clássica canção. Lindo.


__________

Individualmente, considero o segundo 7” ligeiramente melhor que o primeiro, apesar de “Danse Macabre” ser uma daquelas canções para se ter sempre por perto. Mas a nota abaixo vale pelo pela pacotinho com as quatro canções, como se estivessem num embrulho só.

Nota
▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▓▒▒▒▒▒▒▒
8.0