5 músicas da semana – 07/06

07.06.2015 — Blog

yo-la-tengo

1. Yo La Tengo – “Automatic Doom” (The Special Pillow cover)


O Yo La Tengo reapareceu essa semana com duas canções de Stuff Like That There, disco basicamente de covers e algumas faixas novas que é uma sequência de Fakebook, de 1990, quando o grupo estourou antes mesmo de ter lançado seus principais álbuns. “Automatic Doom” é um cover do Special Pillow, outra banda do baixista James McNew, além de uma linda faixa, uma ótima oportunidade para todos conhecerem outras nuances dos tios de Hoboken.


2. Justin Small – “Slow Motion Hearts”


Assim como Jens Lekman, Justin Small, do Do Make Say Think, está com um projeto de lançar uma música por semana. Uma música, porém, finalizada, com arte e tudo o mais por apenas um dólar a semana. “Slow Motion Hearts”, que inaugura esse projeto, é realmente linda, vagarosa, com uma bateria potente guiando o ouvinte para terras bem Domakesaythinkianas.


3. Bobby Raps & Corbin – “Welcome to the Hell Zone”


Primeiro entra o rap sombrio de Bobby Raps e a produção minimalista assombrosa de Corbin, ex-Spooky Black, então Corbin, moleque de 17 anos, entra melodioso e nervoso na mesma proporção no refrão, o Miguel que Bobby merece, e tudo isso em um vídeo inexplicavelmente sensacional. “Welcome to the Hell Zone” abre o EP Couch Potato de Bobby Raps & Corbin, dois membros do thestand4rd, com mais contundência que o rap dos Sad Boys. Fiquemos de olho.


4. Deradoorian – “A Beautiful Woman”


Demorou seis anos, mas Angel Deradoorian está de volta com um lançamento solo. Desde sua saída do Dirty Projectors, ela lançou o EP Mind Raft, 2009, participou de discos do Flying Lotus e do Avey Tare, mas “A Beautiful Woman” é a primeira prévia oficial de seu primeiro disco, The Expanding Flower Planet. Faixa esotérica que não puxa muita coisa do que Deradoorian já fez até o momento, mostra um presente diferente com influências que parecem ultrapassar oceanos.


5. Mariah Carey – “Infinity”


Nada como terminar uma semana pós-karaokê e tudo o mais com uma bela canção da Mariah Carey. O clipe de “Inifinity”, lançado essa semana, é horroroso como de se esperar, mas o single, lançado alguns meses atrás, continua sendo um hit extremamente viciante e grudento.