5 músicas da semana — 22/11

22.11.2015 — Blog

ngmsqthp6zqhd8bcjwxr

1. Arca — “Front Load”

O excelente Mutant, do Arca, saiu essa semana e “Front Load”, uma de suas 20 canções, ganhou um clipe com cenas de nudez e outras coisas “não permitidas para se ver no trabalho”, se é que você me entende. Muita mucosa e sementes de romã te aguardam assim que você soltar o play, e eu espero que você esteja em casa sozinho nesse momento. Na verdade eu espero que você já tenha ouvido Mutant pelo menos umas 15 vezes, na rua, no seu quarto, com ou sem fones de ouvido. Um grande trabalho, de fato. (Flávio Seixlack)

2. David Bowie — “Blackstar”

O lado mais estranho de David Bowie sempre me interessou, e é exatamente essa faceta que vemos em “Blackstar”, seu novo single. Incrível ver que esse talentoso senhor de idade ainda consegue fazer algo como a canção do vídeo abaixo sem parecer tolo ou ultrapassado. Muita classe em um beat que começa torto com saxofones e instrumentos de sopro dando as caras de vez em quando, para pouco depois ganhar ares de música pop como só ele fazia na década de 70. São quase 10 minutos de experimentação sutil e esquisitice na medida certa, o que me deixa bem ansioso para ouvir o disco que ele vai lançar em janeiro de 2016. (FS)

3. Aalon$e — “Cruising”

Vaporhop direto da mãe Rússia é o que você precisa pra curar a ressaca nesse domingo chato. Private Tape, do Aalon$e, é uma das melhores coisas que ouvi nos últimos tempos no vasto universo do Bandcamp, uma beat tape com toques suaves de vaporwave e sintetizadores e batidas dos anos 80. São nove músicas, todas com menos de dois minutos de duração, então você não tem sequer desculpa para não ouvir. Vida longa aos soviéticos! (FS)

4. Yuni Wa — “Want 2 Be There”

Eu poderia ouvir o beat de “Want 2 Be There” em loop por algumas horas sem derreter meu cérebro ou ter sangue escorrendo pelo nariz. Assim como Aalon$e, Yuni Wa é outro que sabe bem como pegar o vaporwave e misturar com hip-hop instrumental sem que a coisa toda soe sem graça. Minha dica é que você ouça ChillDays Vol2, que acaba de ser lançado, e entre em um estado de relaxamento profundo. (FS)

5. 猫 シ Corp. — “A01 SECRETS OF MY AGE [with ローマンRoman]”

Em ’84, eu estava na barriga da minha mãe no calor ultrajante de Uberaba, Minas Gerais. A minha classe, no caso e portanto, eram as entranhas daquela que deu luz a mim e nada mais. Gosto de pensar que, em algum universo paralelo, “A01 SECRETS OF MY AGE [with ローマンRoman]” tocava no Walkmen amarelo da Sony que ela carregava pra cima e pra baixo, e que eu, de alguma forma, acabava absorvendo esse som delicioso feito o leite que passaria a sugar em janeiro do ano seguinte. (FS)