5 músicas da semana – 10/04/2016

13.04.2016 — Blog

toyomu

1. TOYOMU — 印象III : なんとなく、パブロ (Imagining “The Life of Pablo”)

Isso é bom demais pra não ser compartilhado. A história por trás de 印象III : なんとなく、パブロ (Imagining “The Life of Pablo”) é a seguinte: The Life of Pablo, disco novo de Kanye West, saiu primeiramente apenas no Tidal, serviço de streaming que não existe no Japão. O produtor japonês TOYOMU, que não pode ouvir o álbum, basicamente fez sua própria versão dele sem nunca ter ouvido sequer uma de suas músicas, baseando-se apenas nas letras e nos samples publicados na internet. Algumas versões se assemelham com as originais de The Life of Pablo, outras não tem nada a ver. Mas o mais importante é que a interpretação, independente de qualquer coisa, é maravilhosa. Meio sci-fi, meio Blade Runner japonês, meio a loucura toda que envolve esse álbum desde seu pré-lançamento. Kanye West deveria ouvir 印象III : なんとなく、パブロ com carinho. (Flávio Seixlack)

2. VANTAGE — “Groove Street (Unreleased)”

Gosto muito de “Groove Street (Unreleased)” porque basicamente me lembra a primeira vez que ouvi – e me apaixonei por ele imediatamente – o maravilhoso HIT VIBES do Saint Pepsi. Eu fechava meus olhos e dançava loucamente na minha cabeça, mesmo que estivesse pegando o ônibus pra ir trabalhar ou estivesse no meio de uma reunião insuportável. Metro City, que saiu em janeiro de 2015, é essencial pra quem gosta de future funk e acaba de ganhar uma versão deluxe com faixas inéditas, como “Groove Street (Unreleased)”. Vem, vem dançar comigo. (FS)

3. Nite Jewel — “Boo Hoo”

Eu amo o pop fresco e leve de Ramona Gonzalez, a Nite Jewel. A sua voz vem sempre sem floreios, as batidas são simples e os refrões sempre dançantes e gostosos. “Boo Hoo” é tudo isso e ainda traz uma pitada de pop anos 80 numa onda meio Janet Jackson tomando um drink na noite. Falando em noite, tá até passando uma brisinha aqui em casa para vislumbrarmos a chegada do outono ao som de Nite Jewel. (Denis Fujito)

4. PJ Harvey — “The Orange Monkey”

Eu não tenho prestado tanta atenção nessas músicas novas que saíram da PJ Harvey até o momento, acho que estou esperando o novo album sair na íntegra, mas “The Orange Monkey” me chamou atenção. Os anos 2000 de PJ estão sendo muito mais voltados para ela como uma singer/songwriter e isso significa canções muito mais calmas e poéticas, mas isso não significa menos força e/ou poder em suas canções. O poder de PJ, aliás, continua sendo exalado a cada verso, cada crescendo, cada aparição. PJ Harvey, aparentemente, continua significando poder. (DF)

5. Chance The Rapper feat. Saba — “Angels”

Bom, todos nós sabemos que o troféu de melhor verso de “Ultralight Beam”, a primeira faixa do disco novo do Kanye West, pertence a Chance The Rapper. O MC de Chicago, que já lançou duas boas mixtapes (especialmente a segunda), deve soltar ainda esse ano a de número 3. Essa semana ele divulgou o clipe de “Angels”, com participação do rapper Saba, também de Chicago, e a faixa tem um belo beat e levada suave e gostosa, trazendo nada além de boas vibrações para o domingo. (FS)