5 músicas da semana – 17/04/2016

20.04.2016 — Blog

badbadnotgood

1. BADBADNOTGOOD – “Speaking Gently”

Que linda faixa, lindo baixo, linda batida, lindo sax, lindo clima e lindo synth. Faz tempo não me enfio na noite e me deixo hipnotizar pelas luzes e fumaça de algum antro fedido. Aquele olhar bêbado pro teto, aquela encarada em volta e nada a vista. Apenas eu e a hipnotizante batida das duas da manhã. Tem alguém falando comigo? Espero que não. (Denis Fujito)

2. J Dilla – “The Sickness” (feat. Nas and Madlib)

Como faixa bônus de The Diary, o disco de Dilla produzido em 2002 que só ve agora a luz do dia, aparece essa colaboração entre o próprio com o sempre preciso e imperdoável Nas em uma produção de Madlib. “The Sickness” é bem direta com batida até um tanto simples, mas bem bonita em sua crueza. Gire de leve o volume do seu som e apenas aproveite a viagem. O negócio é curto. (DF)

3. Shugo Tokumaru – “Vektor”

Todos os pequenos detalhes da música de Shugo Tokumarku escancarados nesse vídeo para a bela canção “Vektor”. A precisão das pequenas peças se juntando e a sempre límpida produção nipônica são o suficiente para você se apaixonar por esse vídeo. A calma melodia de sempre de Shugo é só para garantir o seu play. (DF)

4. William Tyler – “Gone Clear”

As várias fases de “Gone Clear”, novo single do guitarrista William Tyler, nos leva por diferentes paisagens que passam pela janela do carro em seis minutos de canção. A melhor parte, talvez a única, de acordar todo sábado e domingo cedinho para pegar uma hora de estrada e passar por Itapecerica, MBoi Mirim e Embu para chegar em Embu Guaçu eram as paisagens. As diferentes formas de se viver num pedaço tão pequeno de planeta Terra. (DF)

5. Andy Stott – “Selfish”

Andy Stott é capaz de fazer os sons mais duros baterem dentro de você como uma mariposa bêbada numa jarra de água vazia. Andy, na real, é um colecionador de mariposas. Talvez ele próprio seja uma. Gigante e estática no lado de fora de casa. Impassível, fria e intocável. Noturna em todos os movimentos e totalmente livre. (DF)