5 músicas da semana – 12/03/2017

13.03.2017 — Blog

palmbomem-II

1. Palmbomem II — Memories of Cindy Pt. 1 Teaser

Esses quase vinte minutos de teaser em formato de talk show e propagandas anos 80 para o primeiro, de uma série de quatro EPs, do Palmbomem II resume bem o que podemos esperar desse holandês. Apesar de saber o que esperar, afinal esse vídeo consegue encapsular bem o clima, eu não tenho certeza de como Memories of Cindy chegará aos meus ouvidos sem todo esse estímulo visual. Estou em paz, por enquanto. (Denis Fujito)

2. Frank Ocean — “Chanel”

Oh, Frank. “Chanel” pode não encaixar muito bem em Blonde, mas é por si só uma linda canção. Mais melódica que as faixas do álbum em questão, mas não menos intimista e profunda, “Chanel” parece mais uma transição entre os dois discos de Frank Ocean do que qualquer outra coisa. É bom demais vê-lo soltando músicas novas em 2017, em vez de ficar trancado em seu quarto preparando um trabalho inédito que só vai sair daqui uma boa porção de anos. (Flávio Seixlack)

3. BADBADNOTGOOD — “Lavender ft. Kaytranada & Snoop Dogg (Nightfall Remix)”

Não é novidade que os rappers adoram o BADBADNOTGOOD, e esse remix com participação do Kaytranada e do Snoop Dogg mostra mais uma vez que a mistura funciona bem sempre. Especialmente com um clipe desses pra acompanhar, repleto de palhaços brancos sendo imbecis e se dando mal (com uma polêmica “aparição” do presidente dos EUA). Eu gostei. (FS)

4. Steve Lacy — “Ryd”

Sei que o EP, simplesmente chamado de Steve Lacy’s Demo já está disponível por aí, mas estou aqui para você não deixar passar esse lançamento solo de Steve Lacy, jovem guitarrista do The Internet. São seis músicas totalmente gravadas no iPhone que trazem um R&B lo-fi que poucos vislumbravam possível ou, pelo menos, decente dessa maneira até ontem. Aliado às boas músicas, vem a atitude certa. Coisa linda mesmo. (DF)

5. Molly Burch — “Wrong for You”

Com uma voz densa como a de Marissa Nadler, mas com uma melodia quase tão pop como de Patsy Cline, Molly Burch realmente brilha nessa linda balada country chamada “Wrong for You”. Essa voz grave num sussurrar brincalhão dá um ar tão único a sua música que só consigo pensar: como demorou para aparecer uma Molly Burch. (DF)